Maison NUNO GAMA

Principe Real . Lisboa 

Num contexto verdadeiramente cosmopolita, em plena Praça do Príncipe Real, surge a novissíma Maison Nuno Gama, na Rua do Século, 171, ocupando uma área de cerca de 250 metros quadrados.

 

Situada num prédio de esquina, com a fachada forrada a azulejo do final do séc. XIX, a loja propõe um conceito inovador.

Inspirada pela moderna vida Portuguesa, mais do que uma loja, é o cenário onde a ideia é recriar o Universo Nuno Gama, reunindo o espaço de Showroom/ atelier do estilista e uma Barbearia tradicional. O resultado é uma loja eclética, clean e sofisticada, onde a iluminação é trabalhada para reforçar silhuetas e destacar pormenores.

Esta nova ideia foi conceptualizada  por  Nuno Gama  num  projecto  arquitectónico da Arquitecta Rita Pinto Ribeiro  implementado  pela  Ladrillo.

 

O ambiente caracteriza-se por linhas simples e minimalistas, com uma especial atenção ao detalhe.

A escolha de uma paleta de cores neutras para o revestimento do pavimento, paredes e tectos, garante uma coerência geral e permite tirar máximo partido de alguns detalhes e materiais mais nobres, destacando-se o latão polido do balcão ou o preto mate da iluminação.

Somos surpreendidos por  elementos naturais no seu estado bruto: troncos de freixo e um degrau maciço em madeira de casquinha ou pelos candeeiros tricotados artesanalmente que dialogam na perfeição com as linhas depuradas do conceito geral.

 

A planta irregular e a exigência do espaço estimulam a  criatividade. Em forma de Y, com 3 espaços distintos a loja pretende realçar a riqueza e diversidade das colecções que a habitam.

 

Somos recebidos por um balcão imponente em latão polido, semi-suspenso e pelos magníficos candeeiros (NG) em cordão de sapatos feitos em macramé e croché.

Destaca-se ao fundo o videowall da Samsung onde assistimos aos desfiles da colecção que nos é apresentada na loja.

 

A enorme parede em espelho Gris percorre todo o espaço, duplicando os 150 m2 de showroom, “escondendo” os provadores, a casa de banho “ecológica” com equipamento nova geração da Roca e as áreas técnicas.
 
Um espaço mais fluido e descontraído destinado às  colecções pret-a-porter e uma zona especifica de alfaiataria, onde o ritmo dos pilares de vidro fosco, a iluminação detalhada e o conforto são palavras de ordem. Ao fundo deste espaço temos a Sapataria, com modelos pintados à mão pelo próprio, exclusivos da loja.
 

Existe, ainda, um espaço privado, onde funciona o atelier e são recebidos os clientes mais exigentes, que fazem a sua roupa por medida e onde, longe dos olhares indiscretos, as senhoras voltam a ter lugar de honra.

 

Nestes espaços mais privados a pedra dá lugar à alcatifa e somos envolvidos por um ambiente acolhedor, moderno e cheio de referências.

Através de uma caixa em vidro, vislumbramos automaticamente as antigas cadeiras de Barbeiro, mas somos recapturados pelos troncos de Castanheiro Nacional, que em “biombo”, rasgam desde o chão até ao tecto a loja, surpreendidos pelas magníficas esculturas de David Oliveira que resolveram coabitar simpaticamente no espaço.

 

A Barbearia surge, por contraste, com um ambiente “Old School”, onde as cadeiras antigas e o mosaico hidráulico nos transportam à Lisboa típica de outros tempos. 

Pilares em espelho fragmentam e multiplicam o espaço onde as cadeiras e o jogo de patchwork do pavimento em mosaico hidráulico e cerâmico cimentício são  protagonistas.  Aqui os materiais são utilizados para dar alma e emprestar uma atmosfera Trendy. 

 

Destacamos a  moto que seleccionámos para a montra à entrada da Barbearia, que pode ir desde uma  bruta Topo de Gama a uma fabulosa  Vintage. Por toda a loja somos surpreendidos com pequenos detalhes e peças de artistas nacionais, nomeadamente a colecção de mobiliário bateye by Marco Sousa.

© 2015 by RITA PINTO RIBEIRO | STUDIO